Clube de futebol italiano tem ações compradas com Bitcoin

Estádio Romeo Neri Rimini (Foto: Guido RN/Wikimedia)

O clube de futebol Rimini foi o primeiro a ter participações compradas com Bitcoin. O time, que atualmente joga na série C italiana, teve 25% de suas ações adquiridas pela Heritage Sports Holdings na última segunda-feira (27). A negociação foi confirmada pelo presidente do clube, Giorgio Grassi.

Segundo o canal europeu Sky Sport, que publicou uma reportagem no site do canal, a Heritage Sports Holdings é proprietária do clube Gibraltar United – Primeira Divisão de Gibraltar – que passou a ser o primeiro time de futebol a pagar o salário de seus jogadores utilizando a criptomoeda cryptovaluta (QTCt), desenvolvida pela própria promotora de esportes.

Segundo a empresa, essa prática foi adotada para facilitar a retribuição a jogadores estrangeiros, que têm dificuldade em abrir contas bancárias fora de seus países de origem, além de mitigar a chance de envolver o clube nos frequentes casos de corrupção do futebol profissional.

A Heritage Sports Holdings também tem participações no time espanhol da sexta divisão Unión Deportiva Los Barrios e o clube Mantova.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *