O custo pra extrair ouro é equivalente a mineração de Bitcoin?

O custo com mineração de criptomoedas é demasiadamente grande, exige uma alta capacidade de processamento e hardwares cada vez mais poderosos. A China é um dos países que mais gastam energia elétrica com mineração de moedas virtuais, fato esse que as gigantes da mineração no País produzem sua própria energia.

Nos referimos a moedas virtuais, ativos que não estão presentes fisicamente em nosso planeta, mas em comparação, a mineração de metais preciosos gastam o equivalente?

Um site especializado publicou um relatório onde esta comparação foi feita, foi comparado o custo para mineração de Bitcoin e o custo para extração de Ouro, segundo LongHash, seu relatório levantou dados cuja aquisição se deu por aproximação, porém plausíveis.

Em resumo a metodologia usada foi de por exemplo tomar o custo de mineração de Bitcoin com base na quantidade de hash global da rede, após isso calculou-se a quantidade aproximada de energia elétrica estaria sendo usada.

Para este feito, considerou-se que em tese, cada minerador estivesse utilizando uma Antminer, com isso é bem mais simples se chegar ao resultado do consumo, já que esta máquina possui um valor base de consumo de energia em trabalho normal de mineração, de posse destas informações a conta é bem simples, a quantidade estimada de máquinas ligadas na rede multiplicado pelo seu consumo base.

Na conclusão dos cálculos a LongHash chegou a soma de US $ 4,3 bilhões de custo energético anual para a mineração de Bitcoin.

Em relação ao custo para extração do Ouro, chegou-se a surpreendente soma de US $ 87,3 bilhões. Para chegar a este resultado considerou-se um relatório de extração de meados de 2017 de uma empresa do ramo.

O cálculo envolveu os custos dos insumos necessários a extração, e em comparação com o custo energético do Bitcoin, o custo para extração de Ouro é quase 20 vezes maior.

Comparação do custo anual de mineração do Ouro e do Bitcoin. Foto reprodução LongHash

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *